quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Comunicamos que não abriremos no período de 23 de dezembro de 2016 à 02 de janeiro de 2017.
                                                             
                                             Aos clientes e amigos desejamos!     
                              

     

          FELIZ NATAL

                 E


         PROSPERO ANO NOVO!

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

COMO CUIDAR DO SEU PUFF

Nossos puffs por serem confeccionados com material resistente e de qualidade, bem conservados, duram muitos anos.
Lá vão algumas dicas:
1.- Para limpeza, use detergente neutro, sem cloro.
2.- Evite riscos de caneta, pois não saem.
3.- Não deixar o puff exposto ao sol, por períodos muito longos, podem desbotar .
4.- Evite deixar o puff sob a chuva, apesar do material ser impermeável, as costuras permitem a entrada de água.
5.-Mantenha seu puff, sempre com enchimento na medida que lhe é confortável.

Desfrute o conforto dos puffs da PUFFERIA!


segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

ANTECIPE SUAS COMPRAS DE NATAL!

PUFF BANQUINHO ECOLÓGICO POR R$19,00 Á VISTA!

Informações sobre o produto na postagem do dia 26 de março de 2011. Banquinho Ecológico.

FUJA DA CORRERIA !


Natal é na PUFFERIA! Confira as promoções que preparamos para você!

Bola Futebol
LINHA ESPORTIVA 



   


 
PUFF  TRADICIONAL
LINHA CONFORTO
   

  

PUFF DECORADO INFANTIL

 

* parcelamento cartão em até 4 vezes sem juros.

sábado, 1 de junho de 2013

DIA DOS NAMORADOS 2013

CADA R$ 50,00 REAIS EM COMPRAS VALE UM CUPOM


sexta-feira, 20 de abril de 2012

DIA DAS MÃES

Presentei sua mãe com um PUFF da PUFFERIA.  PUFF é conforto, aconchego, temos PUFFS que combinam com qualquer ambiente e  estilos.


A Pufferia baixou os preços  de varios modelos de PUFF,  sua mãe vai adorar ganhar um lindo PUFF de presente no seu dia.

 PUFF TRADICIONAL 

PUFF DUPLO 
PUFF PEQUENO 










terça-feira, 24 de janeiro de 2012

PUFF É NO LIQUIDA GET!

Confiram as promoções que a PUFFERIA preparou para o LIQUIDA!

Esperamos você.


quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

NATAL SOLIDÁRIO


      Participe conosco da CAMPANHA NATAL SOLIDÁRIO do GET.
    


Add caption


DEIXE SUA CONTRIBUIÇÃO NA PUFFERIA.
OBRIGADA!
 

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

É PRIMAVERA!

A primavera chegou, deixando o cinza dos dias frios de mais um inverno para trás. Primavera é época de cor, de flores, de renovação.
A PUFFERIA oferece tecidos coloridos,  florais, para  você colocar as cores e flores da primavera na sua casa.



Venha conhecer nosso catalogo de tecidos, factum, corano, couro ecológico, couro ecológico náutico, e de um toque na decoração de sua casa, com um alegre e confortável puff.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

INDEPENDENCIA DO BRASIL! SEMANA DA PATRIA!

PUFFERIA não podia deixar passar os 189 anos  da Independência do nosso amado País, e para comemorar com nossos clientes e amigos, postamos esta materia que conta curiosidades sobre o Hino da Independência, uma obra prima com  letra que é um poema e melodia primorosa, esperamos que gostem.

Se a arte imita a vida, podemos notar que a história do Hino da Independência foi tão marcada de improviso como a ocasião em que o príncipe regente oficializou o fim dos vínculos que ligavam Brasil a Portugal. No começo do século XIX, o artista, político e livreiro Evaristo da Veiga escreveu os versos de um poema que intitulou como “Hino Constitucional Brasiliense”. Em pouco tempo, os versos ganharam destaque na corte e foram musicados pelo maestro Marcos Antônio da Fonseca Portugal (1760-1830).



Aluno do maestro, Dom Pedro I já manifestava um grande entusiasmo pelo ramo da música e, após a proclamação da independência, decidiu compor uma nova melodia para a letra musicada por Marcos Antônio. Por meio dessa modificação, tínhamos a oficialização do Hino da Independência. O feito do governante acabou ganhando tanto destaque que, durante alguns anos, Dom Pedro I foi dado como autor exclusivo da letra e da música do hino.


Abdicando do governo imperial em 1831, observamos que o “Hino da Independência” acabou perdendo prestígio na condição de símbolo nacional. Afinal de contas, vale lembrar que o governo de Dom Pedro I havia sido marcado por diversos problemas que diminuíram o seu prestígio como imperador. De fato, o “Hino da Independência” ficou mais de um século parado no tempo, não sendo executado em solenidades oficiais ou qualquer outro tipo de acontecimento oficial.


No ano de 1922, data que marcava a comemoração do centenário da independência, o hino foi novamente executado com a melodia criada pelo maestro Marcos Antônio. Somente na década de 1930, graças à ação do ministro Gustavo Capanema, que o Hino da Independência foi finalmente regulamentado em sua forma e autoria. Contando com a ajuda do maestro Heitor Villa-Lobos, a melodia composta por D. Pedro I foi dada como a única a ser utilizada na execução do referido hino.

HINO DA INDEPENDÊNCIA

Já podeis, da Pátria filhos,
Ver contente a mãe gentil;
Já raiou a liberdade
No horizonte do Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe vá... temor servil:
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.

Os grilhões que nos forjava
Da perfídia astuto ardil...
Houve mão mais poderosa:
Zombou deles o Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe vá... temor servil:
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.

Não temais ímpias falanges,
Que apresentam face hostil;
Vossos peitos, vossos braços
São muralhas do Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe vá... temor servil:
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil
 
Parabéns, ó brasileiro,
Já, com garbo varonil,
Do universo entre as nações
Resplandece a do Brasil.

 
Brava gente brasileira!
Longe vá... temor servil
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.